domingo, 1 de abril de 2007


Hoje escrevo-te ... porque não posso falar-te .

Hoje, mais uma vez, a tua vida desse lado é mais poderosa que a nossa proximidade . E hoje , logo hoje , eu não queria que fosse assim .

Encontraste-me há um ano atrás ... vieste para mim para me ensinar a amar sem reservas , a aceitar o impensável , a sonhar no meio de uma tempestade que tantas vezes me escurece os dias . Ensinaste-me a esperar por ti ... coisa que até hoje , ainda não sei fazer em silêncio e acho que nunca vou aprender . Nem quero aceitar guardar sonhos dentro de uma gaveta esquecida ou num futuro hipotético ... O sonho de te ter ... o sonho de seres meu ... o sonho que ambos sabemos tão desejado ...

Agora que já vieste até aqui , que me leste , que te deixaste embalar pelo meu carinho e a nossa canção , que te comoveste e me comoveste , que te surpreendi , sei que voltarás sempre . Voltarás comigo , pela minha mão . Eu nunca quero perder a tua mão na minha ...

Hoje é o aniversário do dia em que li as tuas primeiras palavras , o poema que sem me conheceres , fizeste para mim naquele dia ... sem saberes sequer se eu te ia responder . Mas sabes, meu amor , mesmo nesse dia eu já não poderia fugir de Nós . Podes chamar-lhe intuição, desejo ou sabedoria , não sei ... O que sei é que te reconheci como aquele que sempre procurei , apesar de tudo ... apesar de toda a realidade penosa e tantas vezes , devastadora .

Nas tuas mãos está o nosso futuro ... Não sei se ficarás . A escolha inacreditavelmente dificil terá de ser a tua . Serás tu a moldar o nosso destino ... Por mim, sabes que fico , sabes que jamais te quero perder , mas jamais saberei viver assim indefinidamente . Acho que mereço mais , meu amor ... E tu também mereces mais .

Deixo-te um poema lindo, que nos toca tanto :


Estarei à tua espera .

À tua espera no deserto mais duro

e junto ao limoeiro florido ,

onde a primavera nascer ,

estarei à tua espera .

Quando te disserem , meu amor ,

que te esqueci , e mesmo quando for eu a dizer-to ,

quando eu to disser, não acredites .

Quem e como poderiam

arrancar-te do meu peito

e quem recolheria o meu sangue

quando de ti me aproximasse a sangrar ?

Meu amor , é de noite .

A água escura , o mundo adormecido cercam-me ,

Daqui a pouco , romperá a aurora

e escrevo-te , entretanto ,

para te dizer " Amo-te " .

Para te dizer " Amo-te ... protege,

mantém limpo , levanta , defende o nosso amor, minha alma " .

Deixo-te como se deixasse um punhado de terra semeado.

Do nosso amor, nascerão outras vidas .

Em nosso amor , outros matarão a sede .

Virá talvez um dia

em que um homem e uma mulher

iguais a nós ,

tocarão este amor , que ainda terá força

para queimar as mãos que o toquem .

Quem fomos ? Que importa ?

Tocarão este fogo

e o fogo , minha doçura , dirá teu simples nome

e o meu .

O nome que apenas tu soubeste , porque apenas tu ,

sobre a terra , sabes quem sou ...

E porque ninguém me conheceu como uma ,

como uma só das tuas mãos ,

porque ninguém soube como, nem quando ,

meu coração esteve ardendo :

somente teus grandes olhos pardos o souberam

a tua boca , a tua pele , as tuas entranhas e a tua alma ...

Meu amor , espero-te .

Meu amor, meu amor , espero-te ...

E assim termina esta carta ,

sem nenhuma tristeza .

Os meus pés estão firmes sobre a terra ,

a minha mão escreve esta carta no caminho ,

e no meio da vida estarei sempre

ao lado do amigo ,

em frente do inimigo ,

com o teu nome na boca

e um beijo que jamais se separou da tua .

Excerto de poema de Pablo Neruda


Meu amor , nunca duvides . És merecedor de cada palavra que te escrevo , o sentimento que te dedico , todo o carinho infindável que brota de mim para ti , mereces o meu coração , o meu corpo e a minha alma .

Nenhuma realidade faz de ti menos que o mais lindo sonho que já tive e o meu grande e verdadeiro amor , a minha metade ...

Como te disse, o nosso caminho será só um ... tem de ser ... E o momento que hoje festejamos , ditou o nosso destino sem sabermos , desenhou o nosso amor , permitiu a descoberta de algo que só se encontra muito raramente numa vida .

Esta é a nossa história , este é o nosso amor . Quero que saibas : sou feliz por viver no teu coração .

Espero-te , meu amor ...

Até já ...




1 comentário:

Broken disse...

Amiga do Meu Coração,

O destino levou-vos um ao outro, num momento único e inesperado.

Um desabafo teu deu lugar a uma resposta bela que te tocou o coração e através da qual tu percebeste, de imediato, ter encontrado a tua metade.

Mais palavras para quê?! Existirá algo mais belo?!

Tu és um ser muito especial e, estou certa, que terás a força suficiente para deixar chegar o momento certo para tomar decisões.

Deixem o Amor fluir sem mais entraves do que aqueles que já existem.

Quem te lê desde o primeiro minuto e te acompanha de perto no desenrolar de toda esta história de amor, percebe que o amanhã vos reserva um sorriso lindo no rosto.
E sabes porque o digo?! Porque têm força, porque têm capacidade de esperar, porque não têm medo de amar.

Minha Linda, um dia de cada vez. O amanhã é só amanhã.

Adoro-te.
Beijo grande