terça-feira, 1 de maio de 2007

Meu companheiro ...


Aqui, neste lugar, onde a noite chega aos poucos , acaricio a tua imagem e soletro o teu nome ...
E o teu nome é feito de esperança, de saudade, de mil vontades e desejos ...
Reprimo constantemente o impulso de agir, de te buscar, de tão simplesmente te tocar ... Reprimo a vontade de ser tua , perante a força do não poder, dos limites traçados desde o inicio de tudo e que queria derrubar , mas não posso . Só tu poderás ou não , um dia...
Resta-me então olhar para dentro de mim e ver-te ...
A vida tornou-se uma estranha sucessão de dias em que te chamo , em que me procuras e nos encontramos sempre ... mesmo que esse encontro seja ainda e quase sempre feito de distância, de inventar um tempo que não estava traçado para nós ...
Quantas vezes imagino que vens até mim e me dizes aquela frase que significa tanto " Eu estou aqui "...
Quantas vezes imagino que realmente me ouves chamar e vens num gesto doce , tão teu , apagar toda a ausência...
Quantas vezes sonho que ficas...
Há uma cumplicidade que sempre adivinhamos ... Um reconhecimento profundo, uma identificação que nunca conseguimos negar . Tu , meu Amor, tens o dom de me entender, de me ouvir sem eu sequer dizer uma palavra, de me amar com uma entrega comovente e uma doçura infinita . Tens o dom de me transformares todos os dias e de me deixares tocar no mais fundo e secreto de ti . Tens ainda o dom de me fazeres sentir bela , amada ... a mulher que mais amaste na vida .
O teu lugar é em nós , aconteça o que acontecer . Podes escolher-nos ou não , mas sabe que sempre serei a tua mulher , aquela que se rendeu sem anseios de fugir , porque o seu Amor por ti não cabe numa vida e vive na força sobrenatural de uma fé inabalável .
Disfarçamos a saudade com a nossa voz , com o encontro das palavras . Mas sabemos que há um beijo que se perde a cada momento , uma porta que não se abre , um silêncio cada vez menos suportável , um abraço e um toque que se desvanece e morre antes de nascer para nós . Sabemos que estamos a perder oportunidades de partilha, de riso , de vida ...
Sei que também sentes a noite e o vazio abismal que traz. E no silêncio e na ausência , procuramos soluções loucas, projectos inexistentes, sonhos hoje ainda impossíveis.
Nós estamos presos um ao outro por laços invisiveis , mas poderosos . Não há libertação , nunca foi possível fugir ...
O nosso Amor cresceu de bases muito seguras , de busca e encontro de Nós .
Cresceu a partir do silêncio que antecede a tempestade que fui eu para ti , tu para mim...
Cresceu a partir da noite que se fez manhã luminosa...
Cresceu a partir de um momento onde não existia outro caminho ou escolha senão amar ...
Foi por ti que desatei todas as amarras que me poderiam impedir de te alcançar , de acreditar ... Foi por ti e por mim que fiquei...
E sei , meu Amor , que mais do que qualquer outra realidade tu partilhas a tua vida comigo , és o meu companheiro ...
Um dia, gostava de escrever esta nossa história , fazer dela o fogo e a verdade perante aqueles que se atrevem a acreditar no poder real do Amor . Dar-lhe-ia o final mais feliz , aquele que não sei se saberemos escrever , tu e eu ...
No fundo, escrevo aqui passos da nossa história ... Onde uma mulher é amada por um homem que não é deste mundo de dificuldades, tristeza, distância . Não ...esse homem pertence a um mundo luminoso , feito de doçura , de verdade , de abraços perfeitos , de cuidado e protecção comigo , de me acarinhar em promessas que não fez , mas que sinto murmuradas como uma brisa mansa de Verão ...
Esse homem é lindo ... Pelos seus olhos , vejo e creio no Amor ...
Esse homem és tu ... A quem um dia , eu disse que queria resgatar da solidão que o teu coração abrigava e fazê-la desvanecer-se. Queria que esse lugar fosse ocupado pelo nosso Amor e que voltasses a acreditar em tudo o que a vida te roubou ... um Amor insuperável, sublime, vivido para sempre .
Acho que consegui , meu companheiro ...



Deixo finalmente palavras belas , um poema tão bonito que na sua simplicidade toca a nossa própria história e sentimento :


Em quem pensar, agora, senão em ti?


Tu, que me esvaziaste de coisas incertas, e trouxeste a manhã da minha noite.


É verdade que te podia dizer: "Como é mais fácil deixar que as coisas não mudem, sermos o que sempre fomos, mudarmos apenas dentro de nós próprios? "


Mas ensinaste-me a sermos dois; e a ser contigo aquilo que sou, até sermos um apenas no amor que nos une, contra a solidão que nos divide.


Mas é isto o amor: ver-te mesmo quando te não vejo, ouvir a tua voz que abre as fontes de todos os rios, mesmo esse que mal corria quando por ele passámos, subindo a margem em que descobri o sentido de irmos contra o tempo, para ganhar o tempo que o tempo nos rouba.


Como gosto, meu amor, de chegar antes de ti para te ver chegar: com a surpresa dos teus cabelos, e o teu rosto de água fresca que eu bebo, com esta sede que não passa.


Tu: a primavera luminosa da minha expectativa, a mais certa certeza de que gosto de ti, como gostas de mim, até ao fundo do mundo que me deste.


Nuno Júdice - Pedro, lembrando Inês


Até já , meu Amor ...



7 comentários:

LiPiNhA disse...

Claro que voltarei =)
Mal acabou de postar, estou aqui eu =P, lol, por acaso estava a ler os outros post's e a ouvir a música da Mel C que é mesmo muitoo linda!! Completa o blog =)

Quanto ao texto, o que se pode dizer? Fantástico?? Lindo?? TUDOOO..
"Mas ensinaste-me a sermos dois; e a ser contigo aquilo que sou, até sermos um apenas no amor que nos une, contra a solidão que nos divide."
Quando se ama realmente é fantastico, sonhamos com aquela pessoa, fechamos os olhos e essa pessoa esta a nossa frente.. As suas palavras tocam-me cá dentro, é tão bom ver as pessoas apaixonadas, as pessoas a amar sem sofrerem.. a vida é assim quando se ama =))

Obrigada pelas suas palavras e pode ter a certeza que cá estarei diáriamente ;)

Beijinhuu grandeee

Princesa do Nada disse...

Faltam-me as palavras...
Queria dizer-te tanta coisa, mas mais uma vez fiquei a pensar.
Como eu entendo cada palavra que tu escreves... Como eu sinto isso...

Deixo-te um beijinho

(mandei-te um mail ha dias, chegou?)

Broken disse...

Miga do meu coração,

Como é bom sentir em cada palavra que escreves a força que só alguém como tu tem.

Os tempos não são fáceis, mas como sempre dizes e muito bem, "até já Meu Amor".

Serão necessárias mais palavras?!

Sei que não. Sei que o vosso amor acabará por ultrapassar todas as barreiras, sei que a vossa distância será cada vez mais curta, sei que nasceram um para o outro.

Linda, que essa tua forma de amar se mantenha sempre lúcida e transparente como também só tu consegues.

Acreditas que muitas vezes me questiono, como é que tu consegues tão bem aceitar a realidade que tens à tua frente, os obstáculos, a incerteza, de uma forma tão bonita?!

Sinto o teu sofrimento como meu, mas acredito que só alguém como tu consegue ultrapassar estes momentos de "solidão" agarrando em tudo aquilo em que acredita.

O Amor é tudo isto que espelhas - entrega, sofrimento, esperança, espera -.

Miga, queria tanto ser como tu. És linda, forte e uma pessoa com um coração que sabe bem o que quer.

Adoro-te. Jinho grande

sonhadora disse...

Lindo!
Gosto de Nuno Júdice!
Hoje ofereço-te este poema.


Pudesse Eu

Pudesse eu não ter laços nem limites
Ó vida de mil faces transbordantes
Para poder responder aos teus convites
Suspensos na surpresa dos instantes!



Sophia de Mello Breyner Andreson

Vamos continuar a sonhar.

Pode o sonho ser imaginário ou utópico mas acreditemos nas utopias da nossa imaginação.

Beijinhos embrulhados em abraços

por uma lágrima disse...

Se...
Se eu...
Se eu pudesse...
Se estivesse nas minhas mãos...
Dir-te-ia:
Sai da inércia,lança-te nesse projecto...
Escreve esse "livro" que será a mais bela e sentida HISTÓRIA DE AMOR
Beijo doce duma lágrima salgada

Rafaela disse...

amor é uma luz que não deixa escurecer a vida. Camilo Castelo Branco.
Bjoss!!

madrugada disse...

BELO TEXTO!...