quinta-feira, 6 de março de 2008

A time for us...


Será verdade que nos habituamos a tudo ?

Será verdade que nunca é demasiado tarde ?

Será verdade que o Amor vence todos os limites ?

Verdade ... Tão longe anda a verdade de nós... Apenas tu e eu a partilhamos . Secretamente .
Eu sou a maior mentira da tua vida . Uma mentira que desesperadamente permanece . E que se um dia for revelada , causará talvez danos irreparáveis .

Não , não nos habituamos a tudo . Durante vários dias , fiz o impossível para me convencer que te devo aceitar na minha vida assim , com os teus limites , com o teu tempo , com o pouco espaço que temos . Tentei até dizer a mim própria que talvez fosse melhor assim . Cada um do seu lado, vivendo momentos lindos quando a vida nos junta . Sem planos , sem os problemas normais de qualquer casal . Apenas felicidade e leveza .
Quantas mentiras contei a mim mesma nos últimos dias , tentando salvar-me da realidade que temos ?...
Queria todos os problemas de qualquer casal . Queria normalidade . Queria o bom e o mau de uma vida a dois . Queria todos os planos e sonhos . Queria não ter de mentir até a mim própria . Não , nunca me habituarei a isto . Nem quero .
.
Ontem desmoronou tudo . A aparente leveza que consegui manter durante alguns dias , desfez-se perante a nossa conversa . E voltei a adormecer a chorar e tu ... tu talvez nem tenhas chegado a adormecer ... Partilhas comigo o desespero dos que não podem nada ...

Quem me ler , talvez fique incrédulo perante isto e pergunte porquê ... Eu também não sei porquê ... Eu também não sei porque é que se desiste de um sonho , do único pelo qual valia a pena lutar .

Mas eu já desisti do meu sonho . Perdoa-me , mas talvez até já tenha desistido de ti . E permaneça apenas porque não posso partir , porque te amo como nunca te saberei explicar .

Que futuro , meu Amor ? Onde está a esperança ? Onde está o nosso tempo ? Quando sabes que eu estou a chorar deste lado e os teus olhos se embaciam desse lado , para onde achas que estamos a caminhar ?

Tu és um homem admirável , de uma beleza invulgar . O mundo que vive dentro de ti e que talvez apenas eu tenha descoberto nesta vida , é onde eu queria ficar , é o meu lugar . Sempre terei essa certeza .

Mas vejo-te tão longe , do lado do medo, dentro de uma prisão com uma sentença que sinceramente me parece perpétua ... Não te sei alcançar , meu Amor . Nem sei como te ajudar quando penso que nunca foi sequer possível nenhuma decisão .
Apenas te chamo, esperando que um dia me ouças .
Porque um dia , pode mesmo ser tarde demais .
E um dia talvez entendas que o Amor podia vencer .

Sou feliz de uma maneira intraduzível quando estou contigo . Estou numa paz doce e inegualável nos teus braços . Elevo-me a uma lugar que desconhecia e onde só um grande Amor me poderia conduzir .
Arrepio-me quando te olho e sei o que encontrei .
Este Amor ainda me assusta . Por ser um Amor raro, feito de tantos amores , de mil detalhes pequeninos , de grandiosas verdades . Por ser um Amor que implora por um sonho tão grande .
É para ti que elejo esta canção de esperança , visto que foste tu que a escolheste para nós ...
Certo ou errado , eu amo-te muito ...
.
A time for us, some day there'll be
When chains are torn by courage born of a love that's free
A time when dreams so long denied can flourish
As we unveil the love we now must hide
A time for us, at last to see
A life worthwhile for you and me
And with our love, through tears and thorns
We will endure as we pass surely through every storm
A time for us, some day there'll be a new world
A world of shining hope for you and me
For you and me
And with our love, through tears and thorns
We will endure as we pass surely through every storm
A time for us, some day there'll be a new world
A world of shining hope for you and me
.
A world of shining hope for you and me...


4 comentários:

Paula disse...

Parece que fala de um amor impossível!!!
Nada é impossível nesta vida, a partir do momento que queremos mudar.
É preciso coragem, mas depois sentimo-nos realizados!
Se acaso se amam, vão em frente!
Só se vive uma vez e as oportunidades de estarmos com quem nos dá toda a paz do mundo, não são muitas!!!
Felicidades!!!

Abraço forte!

Cássia disse...

Olá Paula, li o comentário que deixaste no blog da asincertezasdeumaamante e resolvi visitar o teu, só pra te dizer a nossa história é muito parecida. Ás vezes pessamos que estamos sós mas afinal quando paramos e olhamos em volta encontramos casos parecidos com os nossos.
A minha história é pouco diferente há 10anos atrás fizeram de tudo para me separar do meu amor eu fui mais fraca e não aguentei e desisti; durante estes 10 anos houve sempre encontros e desencontros até o momento que não dá mais pra estarmos longe um do um outro. Mas há problemas...durante este tempo todo casei porque pensei que podia refazer a minha vida, erro meu, agora a minha vida tá um inferno e o meu marido não me dá o divórcio e o meu grande amor a namorada á tentou o suicídio. Tal como tu o meu amor também se sente responsável pelo meu sofrimento mas também não quer ficar com o peso na consciência se acontecer alguma coisa à namorada.
E engraçado é que ontem também tudo se desmoronou e acabamos por chorar com medo de nos perder um ao outro outra vez.
Por isso também te digo que não desistas do teu amor, vale a pena amar e nos sentirmos amadas mesmo que seja ás escondidas.
Beijos e muita força
Cássia

p.s. desculpa o tamanho do meu comentário

por uma lágrima disse...

Também a saudade aperta deste lado...
Voltarei em breve.
Quanto ao teu post...
Tenho tanto para te dizer, mas não sei como!
As palavras enrolam-se na garganta...
As ilações perturbam-me a mente...
Mas sabes que te admiro, que gosto muito de ti... Isso é conclusivo e não tenho dúvidas.
Beijo com muito carinho

A Amada disse...

Meu deus... Impressionante como vivemos realidades muito similares... Cada vez entendo mais porque pediste simplesmente que eu lesse teu blog...
Eu tb queri tudo... Todos os problemas de um casal, o pacote completo...

Beijos