segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Um compromisso com o futuro...


Agora que já foste , posso dizer que me sinto triste .

Agora que os teus lábios já se despediram dos meus e o meu olhar te perdeu , posso dizer que acho incompreensível tantas despedidas. Eu não sei viver de despedidas. Eu não sei viver de me despedir do que mais amo . Eu não sei viver de momentos , da contagem decrescente das horas , sabendo que no fim , o que me resta é deixar-te ir .
Eu não sei viver sem ti ...

Meu Amor , agora posso dizer-te , agora sim, o que o meu coração guardou a medo durante estes dias juntos . Agora posso falar-te do grito sem voz que não te consegui dizer ...
Meu Amor , o meu apelo é este ...
Fica comigo ...Fica comigo ...
Escolhe-me , faz-me tua .
Acredita ... Acredita em nós .
Diz-me que a tua esperança é concreta, definida e tem planos .
Não , não me digas que tens esperança . Isso é vago e abstracto . Diz-me que os momentos darão lugar à certeza de que ficas ...
Nada temas, meu Anjo. O meu Amor será aquele que te protegerá sempre do frio da noite ... Sabes do que falo , só tu sabes .

Não é apenas Amor , não é . Não é apenas esse sentimento grandioso , inebriante , surpreendente . Nem o desejo de ti . Ou a paixão que nos incendeia . Nem se trata apenas da cumplicidade e amizade que nos envolve. Ou de todas as novas emoções que pela primeira vez sentimos e que inicialmente nos assustaram e dominaram .
O que me une a ti para sempre e me impele a querer-te tanto é feito de um mistério único , de uma paz sagrada onde me encontro contigo, de um silêncio onde todas as certezas são ditas . É feito de uma vida perfeita que escolheria sempre sem hesitar . Uma vida de que me despeço quando te deixo ir . Uma vida de que cada vez menos entendo a despedida sempre inevitável.
Agora que já foste , diz-me , meu Amor ... Não me sentes ainda perto de ti , pensando que se olhares para o lado encontrarás o meu olhar ? Não sentes que é uma loucura não estares aqui ? Não sentes a frieza das horas que já não são nossas ? Não sentes falta da minha mão a acariciar o teu rosto ? Da minha mão a procurar a tua ? Não sentes o absurdo desta situação ?

Voltaram as horas de silêncio e de realidade . Voaram as horas contigo , permanecendo no meu coração e na minha mente cada imagem destes dias ... Voltou a espera de uma palavra tua , de uma mensagem , voltou o não saber de ti durante demasiadas horas ...

Esta liberdade condicional que tiveste e de imediato me ofereceste , foi estranha . E por mais feliz que seja nos teus braços nessas horas , quando já não estás tudo é ainda mais cruel . Porque quanto mais te conheço mais te amo e quero ... porque quanto mais estou contigo, mais desejo estar .

E a vida , podia ser isto ... A certeza e a paz de estarmos juntos . Mas não é ...

Contigo navego num mar cujo fim desconheço . Um mar que demasiadas vezes me deixa à deriva . E outras me abraça parecendo nunca mais querer deixar-me ir . Por vezes surge uma ilha , terra firme onde pousar os pés . Mas logo percebo que a permanência nesse lugar será sempre demasiado breve . Um dia , teremos de encontrar o rumo certo e sereno , meu Amor ...

Posso ter muitas dúvidas e muitos medos . Nunca te escondi . Nunca sonhei com esta situação , tal como nunca sonhei amar assim ou pertencer tão plenamente a alguém .Mas existe uma certeza inabalável : nós temos um compromisso com o futuro . E nada mudará isso .

Entende, meu Amor ...
Leva-me para esse futuro .
Não deixes o Amor esperar mais .
Faz-me acreditar na esperança .
Leva-me para onde posso sonhar sem temer , amar sem tempo , adormecer em ti .
Vamos fugir para o futuro. Para um sonho . Para o lugar onde o nosso Amor não é uma mentira contada todos os dias aos outros .

Faz-me tua , serena e claramente .

Não, meu Amor, não esperes mais .
Não é tarde , mas um dia pode ser ...

Até já, meu Amor...

11 comentários:

Dark-me disse...

Nunca é tarde demais! :)

Dark kiss

Fátima disse...

Olá Paula!!
Quanta dor vejo nos teu coraçao, sabes por muito que te doa talvez devesses de uma vez por todas te impor perante esse amor,nao deixar que ele te "usasse".
Posso estar a ser dura, mas as vezes, quando sentimos que perdemos alguem para sempre damos-nos conta de que afinal esse alguém é verdeiramente importante na nossa vida e lutamos por ele.Sabes bem que sei do que falo.
Nao podes deixar que esse amor te consoma a alegria de viver,tens de ser forte.
Sei que sempre é mais fácil falar que fazer, como sei, mas se queres realmente esse amor só para ti, nao deixes que ele se vá nunca mais........

Deixo-te um beijo com carinho e um desejo de uma otima semana.

brisa de palavras disse...

Obrigada pelas tuas palavras...
às vezes deixamos passar o tempo e é tarde demais...porque às vezes é mesmo tarde demais...


um abraço

brisa de palavras

SC disse...

Olá Paula!
Entendo-te tanto que me faltam as palavras... não sei o que te dizer.Mas sei que me compreendes. Mil beijocas!

Anónimo disse...

Olá Paula! Tenho lido as suas palavras já há algum tempo, não apenas pela beleza que encerram, mas também pela curiosidade de um dia poder ver um desfecho mais feliz! Sinceramente não percebo... Se esse amor é tão verdadeiro e intenso como o descreve, não entendo porque ele não é capaz de largar tudo e serem felizes os dois! Nada o justifica! E esse amor nunca conseguirá alcançar a sua verdadeira plenitude enquanto ele não superar a sua cobardia... Realmente tem de ser uma mulher de ferro para aguentar... Se ele realmente a ama, não entendo o porque de tanta indecisão... Esclareçam o vosso futuro, é o meu conselho! Não adiem esse sonho! Boa sorte!

Manuela

Anónimo disse...

Te entendo,porque vivo um amor mesmo assim,e espero um dia não mais dizer a palavra saudade,porque estaremos juntos em corpo,já que em alma não nos largamos....
Boa sorte a nós duas!

Verdinha disse...

Não sei o que dizer, poderia dizer-te "impoe-te, faz com que ele seja obrigado a escolher" mas quando amamos nada é assim tao simples e tao linear, faz apenas o que o teu coraçao te mandar, sempre o que ele mandar..

Daniel Aladiah disse...

Querida Paula
Sei o que sentes e imagino o que o teu amor sente... às vezes o complicado faz-se fácil... às vezes...
Um beijo
Daniel

Fátima disse...

Passei para te deixar uma beijoca carregada de carinho e ternura!!!

Um desejo de continuaçao de boa semana!!!!!

Rosa Maria disse...

Cheguei a este blog por acaso mas gostei muito do que li.

Quando a nossa dor é semelhante parece que ainda mais gostamos.

Beijinhos

paula alexandra lemos miranda disse...

luta pelo que quer linda amar vale sempre apena nao deixes de sorrir vive com alegria e amor a vida vale sempre apena e essa dor passa porque sei que vais lutar com todas as tuas forças pelo teu grande amor sabes a vida nem sempre e um maar de rosas mas sabes as rosas tambem tem espinhos que picam e doem temos de saber ultrapassar o doi e levantar a cabeça e seguir lutando sempre pelo que amos noa enteressa o que ou quem desde que amemos muito vale sempre apena um grande beijao e tudo maravilhoso para ti de: paula alexandra lemos miranda