sábado, 9 de fevereiro de 2008

A soma de todos os dias...

( Foto : We are One , Dieter Frangenberg )


Em breve fará um ano que iniciei este espaço meu e teu e de quem nos quer ouvir .

Hoje , gostava de chegar aqui e dizer que estamos juntos , que estás aqui ao meu lado , que és só meu , que o medo e as dúvidas se dissiparam num acto de fé .

Sei e compreendo que quem me ouve espera um final mais feliz e mais nitido para nós do que esta realidade . Porque quem me ouve , se ouvir com o coração liberto sabe que falo de um Amor imperdivel , como tantas vezes tu e eu o classificamos . E talvez considere incompreensivel que não exista outra definição , outra clareza .
No fundo, todos esperamos por uma razão para acreditar que o Amor vence sempre , que por Amor tudo se faz e tudo se modifica .

Nem sempre é assim. A vida não é habitualmente tão fácil .
Todos nós sabemos que o Amor nem sempre triunfa da maneira como se quer . Não porque não exista , mas porque existem mil outras realidades ao seu redor .

Não sei se algum dia poderei dizer que o homem que escolhi me escolheu . Esta é a minha verdade , aquela com que me debato todos os minutos dos meus dias e noites ... Serei ingénua ou tonta ? ...

Sei o que sou , sei o que escolhi , sei quem és , sei que sou amada como poucas mulheres na vida poderão ser . E tudo o que o teu Amor não puder ou não souber fazer por nós , não anulará o imenso sentimento que nos uniu para sempre .

A vida não é feita de duas cores . A vida é feita de incontáveis cenários onde por vezes somos obrigados a ser muito bons actores por mais que desejemos outra verdade . A vida é feita de tons que por vezes nos ferem a vista e nos fazem fechar os olhos para não ver . Mas também existem os tons mais sagrados , feitos de uma luz que perdurará para sempre .
O Amor é feito de tudo isso . E abarca na sua profundidade todas as cores desta vida . Apenas podemos ter a certeza de que quando é verdade , nada apagará a sua chama .

Sim, eu queria dizer a toda a gente que o Amor venceu ... Talvez eu própria o espere demasiado ... O Amor será para sempre inimigo da razão ...

Mas hoje , admito que odeio saber o que sei . Que não temos, tu e eu , o direito de exigir os nossos sonhos realizados por imposição de uma vida que já existia antes de Nós ...
Odeio estar aqui sozinha e tu estares ai , igualmente só . Odeio a falta de normalidade neste Amor que não se mede , que não se diz de tão intenso que é ...
Odeio a falta de planos e a vida em momentos .
Todos temos escolha, bem sei ... Mas nós não somos ilhas . Ao nosso lado , estão todas as nossas decisões , o nosso passado , o nosso presente e talvez até o nosso destino . Queria dizer-te que deves ficar , que tens de ficar .Que não é justo o que nos fazes . Mas sei que não é justo exigi-lo . Nem é justo o que fazes a ti próprio todos os dias , meu Amor ...
Todos temos escolha...Mas o Amor jamais poderá escolher-se . Pelo contrário , somos escolhidos e habilidosamente envolvidos em incontornáveis sonhos e esperanças.

Há um ano , eu estava muito triste . E vim até aqui para fugir de ti . A fuga foi breve , depressa te entreguei este espaço como algo nosso . E sempre tive esperança de que um dia , as minhas mãos escrevessem que ficaste , que as despedidas acabaram , que a tristeza foi arrumada bem longe .
Quem sabe ? O Amor pode ter muitas impossibilidades , mas é e sempre será o sentimento mais poderoso do mundo . E acreditarei sempre em nós , mesmo que o caminho escolhido seja apenas o possivel . Mesmo que o sonho se desfaça no impossivel . Mesmo que a vida me traia . Mesmo que a vida desista de nós . Acreditarei sempre . Porque contigo estou viva ... E antes de ti , era uma sobrevivente de dias iguais .
Repito a tua frase ... A vida ainda agora começou ... Dá-me a tua mão . Tu e eu podemos inventar a felicidade e o eterno num momento . E ainda existem tantos caminhos e tantos dias por somar aos que já fizeram a nossa história , meu Amor ... Ainda existem tantos sonhos . E na soma de todos os dias , o Amor vence e somos felizes de uma maneira dificil de descrever . Que só eu posso compreender em ti . Que só tu podes adivinhar em mim .

Nada temas , meu Amor , eu nunca duvidei ...
Será para sempre , meu Anjo .

Amo-te .
Paula .

7 comentários:

Charmoso disse...

A vida tem destas coisas, mas a verdade é que mostras aqui um grande amor.

FOrça

Verdinha disse...

"Não sei se algum dia poderei dizer que o homem que escolhi me escolheu . Esta é a minha verdade , aquela com que me debato todos os minutos dos meus dias e noites ... Serei ingénua ou tonta ? ..."

como percebo...


Amo os teus textos, amo pk os leio com o coraçao e n o cerebro..

mas sinto-te descrente no futuro, mesmo que no fim digas k acreditas, sinto k algo se está a kebrar em ti.. ouve o teu coraçao e segue-o sempre..

beijinho

Fátima disse...

Olá amiga!!!
Desejo tal e qual como tu um desfecho
tal e como tu o desejas!!!!
O Amor de que tanto falas, não é fácil, nunca é fácil, ainda mais numa situação como a tua em que tal como tu referes "nós não somos ilhas" , a vossa volta existem outras pessoas que pesam na decisão do vosso futuro juntos........
Nunca perdas a esperança ainda mais se esse Amor é tão grande como o descreves, é quase um crime que não o vivam, porque esta vida é tão curta.......

Deixo-te um beijo enorme carregado de muito carinho e um desejo de que o futuro te traga o dobro daquilo que eu desejo para mim e para todos os meus!!!

Higino disse...

Que taça tão cheia!

Secreta disse...

Como me tocaram estas palavras! Como as senti e entendi . Revejo uma parte de mim aqui , uma parte da minha história , uma parte do meu amor ...
Beijito.

ZezinhoMota disse...

Bonitas palavras e uma bela música.

Tem tudo para o meu regresso.

Bjnhs

ZezinhoMota

Lyra disse...

o amor... o amor... sempre o amor.
(eu gosto tanto tanto desta musica!)
que a felicidade perdure na tua vida Paula, é o que desejo.