sexta-feira, 2 de maio de 2008

Sonho...


Tenho sonhado contigo . Todas as noites . São sonhos que não posso controlar porque me encontram adormecida. No entanto, nos meus sonhos estamos sempre juntos, inseparáveis , sem ter de dizer adeus . Porque é esse o meu desejo .
Sei , sem o ter visto , que sorriste quando te disse isto mesmo, hoje pela manhã . E sei que também é esse o teu desejo .
Julgo que na vida, existem portas que quando fechadas , nunca mais poderão ser abertas . O momento em que se fecham fazem parte de tudo o que é imutável , definitivo. Foi assim o momento em que atrás de mim , deixei uma vida onde não existias e te encontrei . Fechei então a porta que me permitiria voltar a viver sem ti , despedir-me de ti sem dor e continuar uma vida sem problemas maiores mas apagada .
Hoje vivo , meu Amor . E a porta que fechei , o caminho sem ti , nunca mais será meu . Aconteça o que acontecer, comigo estarás sempre tu , ainda que estejas ausente e que a tua vida não seja a nossa . Comigo estarão sempre os mais lindos momentos que já vivi . Aqueles que quando com os olhos molhados , te acusei de serem apenas momentos , me explicaste calma mas definitivamente que esses momentos para ti significavam mais do que toda uma vida . Silenciei-me perante essa evidência porque percebi que para ti era verdade .
Ontem , quando voltei para casa , cansada para além do cansaço , como tão bem sabes , era para ti que queria ir ... devias ser tu a esperar-me , devias ser tu a acolher-me serenamente em ti e a permitires que adormecesse no teu peito . Mas a distância geográfica que durante dias se impôs entre nós , não cessou com a minha chegada . Porque foi para a minha casa que voltei , sem te poder ver porque essa é a vida que temos . Encontramos o Amor e continuamos a guardar os sonhos no futuro .
É difícil falar-te agora sem te falar na saudade que me invade inteira , no desalento que fica em cada fim de dia em que o nosso Amor não se concretizou , na dúvida permanente que é amanhã . É difícil ouvir este silêncio que só me fala de ti enquanto me despeço de mais um dia .
Fecho os olhos e é tão fácil ver-te, sentir-te até . Sorrio com ternura ao ver o teu olhar indescritivelmente doce a tocar no meu , ao sentir as tuas mãos a acariciarem o meu rosto , ao relembrar palavras de infinito Amor e momentos mais poderosos que a distância , as dúvidas e a própria realidade . Momentos de pureza e de vida que nos imploram para que fiquemos lado a lado , para que as despedidas cessem . Momentos que nos fazem questionar há quantas vidas nos conhecemos e porque nos esperavamos com tanta fé . No fundo , momentos que nos conferem a certeza de um Amor que fez renascer todos os sonhos proibidos e toda a esperança interdita .

Um dia , talvez eu escreva aqui que tu ficaste . Que não aceitaste mais uma despedida . Um dia talvez alguém, algures, sinta a verdade do nosso Amor e possa acreditar que esse sentimento vence sempre . Um dia , talvez esta escrita se faça a dois . Um dia , estarás aqui ao meu lado e partilharemos muito mais do que momentos . Construiremos um sonho .

Confesso-te baixinho que nunca deixei de ter esperança no nosso sonho ... Uma esperança de mãos vazias mas coração pleno de Amor e de certeza daquilo que temos .

Até já , meu doce Amor ...

23 comentários:

A disse...

Enquanto houver certezas no coração, nunca desistas! Enquanto houver esperança, luta! Enquanto houver vidas para viver, espera! O Amor faz-se de entrega, de espera, de desespero também. O Amor faz-se de momentos maravilhosos! Olha...o Amor...és Tu e Ele!
Beijinho grande.

Verdinha disse...

concordo plenamente com o comentario em cima..

"ha qts vidas nos conhecemos?"

as vezes tb me pergunto isso..

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá minha querida Amiga Paula, luta sempre, pensa no amor que queres a teu lado um dia não irá embora, quem acredita em si própria nunca desiste de nada, muito menos do Amor da sua vida...
Persiste... Um dia terás a recompensa!

És uma das suaves chamas da fogueira,
Lume que aquece, que deflagra alegria;
És uma das brasas das achas de madeira,
A quem o Amor uniu numa noite fria.

Votos de bom fim de semana!
Beijinhos de muito carinho,
Fernandinha

lovegirl disse...

"difícil falar-te agora sem te falar na saudade que me invade inteira , no desalento que fica em cada fim de dia em que o nosso Amor não se concretizou , na dúvida permanente que é amanhã"

é a minha vida todos os dias também!!!

e para que saibas eu acredito fielmente no vosso emor, e é muitas vezes nele que me seguro quando não acredito no meu. penso na vossa história e parece que as forças para acreditar voltam...


Obrigado...


bj
bj***

Anónimo disse...

Conheci hoje este espaço e gostei muito...um Hino ao amor...lindo!
Que todo esse amor preenche a sua vida e a de quem a tem.
um abraço
(blog,vistodocéu)

Ninita de Sempre disse...

"Confesso-te baixinho que nunca deixei de ter esperança no nosso sonho ... Uma esperança de mãos vazias mas coração pleno de Amor e de certeza daquilo que temos ."

A verdade é que nunca perdemos a esperança e tu, mais do que ninguém, não a deve perder:a vossa história é especial. Não é um simples caso amoroso em que tu és a outra, a amante como muita gente lhe chama. És a pessoa que ele quer ao pé dele, pena a situação ser tão complicada e existirem pessoas que a complicam ainda mais; sabes a quem me refiro.
Espero que um dia ele deixe a compaixão de parte e resolva ser feliz,aguentando as consequências que isso lhe possa causar...Beijinho***

crisálida disse...

A tua capacidade de me fazer chorar é impressionante, paulinha...
Vim retribuir-te os beijos que sempre manda-me...
Aquele meu blog que conheceste era anônimo... Preferimos, eu e ele, não partilharmos com a blogosfera, certos aspectos da nossa intimidade. Por isso fizemos os blogs tu conheceste... Mas o meu acabou tornando-se justo o que não queríamos... Preferi migrá-lo para um lugar desconhecido e privado, onde só ele pode ler...
Mas continuo tendo meu blog oficial, onde não partilhamos tudo, por motivos óbvios...
Gosto muito de ti, paulinha...
;-)

Angel disse...

Paula..se soubesses realmente o que me fazes sentir quando leio as tuas palavras..vão mais além do que possas imaginar..para não variar adoro..essa tua entrega incondicional...por esse Amor..estou contigo..e obrigada pela força mesmo..que tenhas um Domingo muito bom..sempre cheio desses Sonhos que nos encantam..e iluminam...um beijo doce para ti..

"Sofi@" disse...

Vou dizer a verdade quando entrei aqui no teu "mundo", pensei em desistir porque sou muito preguiçosa, porque vi que á minha frente tinha um texto enorme para eu ler...
Mas ganhei forças, não sai do teu blog e li o texto todo até ao fim, li outra vez e voltei a ler... e por mais estranho que pareça que adorei o texto, quer dizer na verdade amei mesmo, porra tocaste-me com o teu texto, juru adoro a tua maneira de escrever...
E por favor tens que ganhar forças, teu amor está longe, mas aposto que o coração está perto muito perto mesmo, FORÇA amiga...
BjZzzz

Anónimo disse...

Desejo muito que o teu sonho se realize e caminhem os dois lado a lado... sempre...

Bjinho e continua sempre com estas palavras com tanto amor...

Lagrimatua

Sophie disse...

Quando acordp penso que acordo para um novo sonho, porque tudo me é baço aos olhos.
Sorrio para os outros, afago-lhes as suas temeridades e sussurro que a vida é um imenso rol de pedras na estrada e que nem por isso a estrada acaba. E é verdade... quem acaba sou eu. Eu é que me acabo, nestes silêncios, nestas constantes implosões, nestes destroços que escondo por trás do ar confiante.
Sabes, miga... às vezes a dor é demasiado real para ser apenas alucinação.

Um beijo meu, grande, muito grande.

Azul disse...

Boa noite Querida Paula,

Não deixes nunca de sonhar e de acreditar. E tenho a certeza de que um dia a vossa história será escrita aqui ou em qualquer outro lugar a 4 mãos.

Um abraço muito terno para ti
Beijinhos
Azul

Ana disse...

Lindo. Admiro tamanho amor, que vence distâncias, tempo, incertezas.

Continua =)

Beijinhos*

Anónimo disse...

Olá,

Lê o Livro: "Mulheres que amam demais" - Robin Norwood.

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Paula, venho desejar-te um bom fim de semana...
Beijinhos de carinho,
Fernandinha

flamenguista roxo disse...

PAULINHA!!!!!!

LINDO TEXTO...TÁ APAIXONADA HEIM....O BICHO TÁ PEGANDO.
BOM FINAL DE SEMANA PARA VOCÊ E SEU AMADO ....VOU JOGAR UMA PRAGA QUE VOCÊS FIQUEM JUNTOS ATÉ ENVELHECEREM BEM JUNTINHOS...SÃO MEUS VOTOS.
BEIJOS NOS TEUS OLHOS,

flamenguista roxo disse...

PAULINHA!!!!!!

LINDO TEXTO...TÁ APAIXONADA HEIM....O BICHO TÁ PEGANDO.
BOM FINAL DE SEMANA PARA VOCÊ E SEU AMADO ....VOU JOGAR UMA PRAGA QUE VOCÊS FIQUEM JUNTOS ATÉ ENVELHECEREM BEM JUNTINHOS...SÃO MEUS VOTOS.
BEIJOS NOS TEUS OLHOS,

Azul disse...

Boa Noite Paula!

Passei para te re(ler) e deixar-te um beijinho.

Espero que tudo esteja bem contigo.

Abraço :)
Azul

O Profeta disse...

Solta nota de uma flauta
Um retrato preso à mão
Um tambor fora do compasso
Segue o bater de coração


Convido-te a partilhar as emoções
Deixadas pelos ponteiros de um relógio…

Bom fim de semana


Mágico beijo

Daniel Aladiah disse...

Querida Paula
Tens uma capacidade de sacrifício notável, por algo que vale sempre a pena - o amor. Que nunca te falte, porque tu mereces muito!
Um beijo
Daniel

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Paula, passei para deixar-te beijinhos,
Fernandinha

*izil* disse...

Bonito texto, otimo blog
parabéns

Patrícia disse...

Não há nada como os nossos sonhos. E nunca devemos desistir deles ! Beijo *