terça-feira, 24 de março de 2009

Nascer de novo...


José Saramago : " Aos 63 anos, a minha segunda vida começou... Se não tivesse conhecido a Pilar, não tenho dúvidas que teria morrido muito mais velho do que sou hoje..."

Nascer de novo... Talvez seja isso. Talvez seja essa capacidade que um grande Amor dá . Mais do que isso. Confere-nos o dom de sentir a vida .

Foi assim contigo e comigo desde o inicio. E apenas tu e mais umas quantas pessoas que trago no coração poderão ler a frase acima e entendê-la em plenitude sabendo porque a transcrevo e a identifico connosco.

O nosso Amor cresceu tanto. Todas as noites que se fecharam em silêncio e todas as manhãs em que o sol nasceu e tu estiveste ai e eu aqui, tiveram um propósito. Hoje entendo que nada foi em vão . Que devagar, o nosso Amor criou caminhos, certezas, sonhos , curou medos e afastou a tristeza. Hoje a esperança é mais certa, apoiada em factos reais e não apenas em desejos abstratos.

Sempre quis escrever aqui que ficaste, que chegou um dia em que o nosso Amor venceu .

Ainda não posso fazê-lo mas sei que hoje estamos perto . Que o Amor que nos amparou, que nos acalentou, que nos fez nascer de novo é também aquele que hoje nos fez abrir juntos a porta da nossa casa.

Como tudo tem mudado... Os passos que damos agora têm como objectivo criar o chão para a nossa vida juntos. Antes nem nos atreviamos e hoje... O que foi que aconteceu entre um momento e outro ? O que vejo ? Que abriste uma porta da qual apenas tu tinhas a chave . Eu esperava-te do outro lado mas nada mais podia fazer além de esperar. Esperar que entendesses que mereces ser amado, feliz e ter sonhos. Que mereces cada sorriso que hoje te vejo, que mereces respeito , carinho ... Quando vejo o teu sorriso lindo a minha felicidade é imensa, meu Amor ...

Tu és a minha vida inteira. Hoje, quando numa conversa disseste " a minha mulher " a outra pessoa , eu baixei a cabeça e sorri porque o disseste com tanta naturalidade e convicção , sem hesitar , sem pensar ... Depois pegaste na minha mão e sorriste ternamente e não sei se é possivel, mas amei-te ainda mais naquele momento . Quantos homens teriam fugido ? Quantos homens teriam vivido o que pudessem e quando a tempestade se levantou, teriam desaparecido ? Quantos homens, ao verem uma vida tão sólida em risco, não arriscariam ? Mas tu, homem da minha vida, nunca deixaste de estar ao meu lado e perante a adversidade apenas me apertaste mais no teu abraço sabendo que nunca nos poderiamos perder um do outro .
Existirá um lugar e um tempo para nós. Hoje não é um ponto de interrogação que encerra esta frase . Estamos a construir algo todos os dias. Estamos a tocar no destino com as nossas mãos ... Talvez estejamos a inventar um novo destino ou talvez todos os passos que demos nas nossas vidas nos tenham conduzido um ao outro porque assim tinha que ser . Porque só eu te poderia amar. Porque só tu me poderias amar . Porque nos pertencemos .

Estamos mais juntos que nunca, mais fortes que nunca . E faremos da nossa casa um lar . Onde seremos felizes .

Amo-te tanto...

Paula

10 comentários:

Anamar disse...

Paula, quem seguiu com atenção o teu blog sabe que mereces com todas as letras SER FELIZ! Encontraste um grande amor, fizeste tudo por ele e pelos vistos estás a conseguir vivê-lo...coisa tão rara hoje em dia!

Tudo de bom para os dois! :)

Beijinhos Ana Paula

JustMe disse...

Que saudades...
Ainda bem que a caminhada continua a ser muito favorável ao vosso amor, e que continue assim...
Têm todo o tempo do mundo, tens todo o tempo do mundo para escrever aqui o que quiseres...
A frase tem todo o sentido para todos os que são capazes de a entenderem.
Vive esse AMOR sempre!!!

Continuo a desejar-te, a desejar-vos o melhor

Abraço-te...Abraço-vos
JustMe

Maresia disse...

Ainda bem...

Maria disse...

Estou muito mas muito feliz por ti Paula.

Verdinha disse...

fiquei tao feliz ao ler estas palavras.. que o caminho continue a ser construido e que a felicidade continue imensa.. beijooo

JustMe disse...

Renasce...
Permanece...
Sobrevive...O amor

Abraço-te
JustMe

Anónimo disse...

Olha, Paula, ao ler as tuas palavras peço a Deus que o meu amor consiga esperar por mim dessa forma... acreditava que o amor superava tudo, e acredito ainda quando leio a vossa história, mas começo a acreditar que o meu não vai aguentar...não vai saber esperar...ele não quer. Precisa de mim hoje. Amanhã pode ser tarde demais... Felicidades, muita serenidade e muita força para vós!

Anónimo disse...

AMOR SOFRIDO ESTE
ELE SÓ TEM SOLIDÃO PARA OFERECER-TE.
MERECES SER FELIZ.

BEIJOS

alma disse...

um verdadeiro amor merece que se faça tudo por ele :)

por uma lágrima disse...

No silêncio partilhei contigo todos esses momentos.
No silêncio admirei-te
Admirei-te...
Admirei-te...
Hoje espero que tenham alcançado a felicidade que merecem.

Beijo doce duma lágrima salgada