segunda-feira, 26 de março de 2007

Para sempre...

Em breve, fará um ano que nos conhecemos .
Olhando para trás , sei como tu sabes, que a nossa história é ainda breve . No entanto , tudo foi vivido com muita intensidade e isso dá-nos uma percepção diferente do tempo , faz-nos questionar realidades que talvez ainda fosse demasiado cedo para questionar . Mas tu e eu , tivemos a certeza muito cedo ...
Sei que tu és o homem certo , este é o momento certo , a tua realidade é a errada ... A tua vida não estava preparada para mim , tu não me procuraste . Eu não fui uma conquista, um engate . Fomos entrando simplesmente na vida um do outro e quando percebemos já tinhamos perdido o caminho de volta .
Foi tão doce conhecer-te , ouvir-te , tão fácil amar-te . Permitiste-me o sonho , pediste-me para sonhar contigo , deixaste-me voar . Foste o meu porto , a minha força , o meu companheiro a todos os instantes , de todos os dias . A tua sensibilidade e cuidado comigo , o teu instinto protector e carinhoso , a tua sinceridade e amor nunca me deixaram .
Aprendi a amar-te em palavras , tal como tu a mim . Aprendi-te em cada frase , em cada silêncio , em cada momento de esperança . Amei-te tão cedo , fui tua antes de os meus olhos te conhecerem . E tu meu , tão meu , eu nunca duvidei , meu amor ...
Lembro o dia em que tomei a decisão de me deixar ir ao teu encontro . Escrevi-te isso mesmo ... Quero conhecer-te , estar contigo , quero que os meus olhos te digam o que o meu coração já sabe ...
A decisão foi sempre minha , foi nas minhas mãos que tu entregaste o teu coração , uma parte do teu destino , a nossa história .
Estar perante ti , beijar-te , amar-te foi confirmar cada palavra , foi confirmar que nada foi ilusão . Estar ao teu lado foi um sonho e continua a ser . A cumplicidade que temos surpreende-nos a cada passo . Talvez fosse mais fácil se estarmos juntos não roçasse os limites da perfeição . Mas sim , é verdade , nunca antes me senti tão amada , completa , feliz . Nunca senti tanta verdade e entrega em ninguém . Tu cumpriste a promessa que fizeste no inicio : Sou e serei teu .
Sempre tentei ter muito cuidado neste caminho por onde escolhi seguir . Não sei até onde poderei ir , não sei mesmo . Tu sabes que um dia , te vou pedir uma resposta ... E nesse dia , será o nosso fim ou o nosso futuro . Essa decisão é tua , nesse dia serei eu a pôr nas tuas mãos o meu coração , uma parte do meu destino .
Lembrarei sempre as tuas palavras escritas e também já ditas tantas vezes :
Necessito de ti para poder escrever o meu nome e sentir que quem assinou esse nome fui eu , que regressei a mim, ao homem entusiasta , forte , poderoso , apaixonado , romântico , digno e fiel .
Durante muitos anos , voguei ao sabor de pactos que se mantinham no que seriam as conveniências sociais , aparências socialmente correctas ... Mas não era eu . Era um homem limitado , dividido , confuso , conveniente , frustrado .
O teu amor teve este poder sublime de transformar este homem que conheces num homem profundamente ambicioso de se tornar melhor e mais capaz ... de lhe devolver as asas e capacidade para voar ...
A minha vida , meu amor , não estava preparada para este imenso sentimento . Almejava-o, construia-o no meu interior, mas faltava-lhe o ponto de encontro , a vivência , um rosto ...
Não tinha o objectivo de te conquistar quando te falei a primeira vez . Mas acendeste uma luz dentro de mim que me levou a querer saber mais e mais de ti . De mail em mail , foi inevitável reconhecer-te como o elo perdido que tanto busquei .
A minha vida foi estruturada ao longo dos anos para criar um escudo de protecção sobre certas zonas de um relacionamento , para soldar certas portas de acesso ao mais fundo de mim .
Era uma vida estruturada .
Quando tu surges , aconteceu um vendaval no meu interior e tudo o que não era possivel , tornou-se possivel : as portas fechadas abriram-se para ti ...
No entanto , no exterior , aparentemente , tudo continua como antes ...
Mas tu , despertaste um Sonho imenso . Só uma mulher como tu seria digna de tão grande Sonho ...
Escolhi estas palavras, como poderia ter escolhido quaisquer outras . Todas foram luz , todas foram verdade .
Tu és um homem diferente que eu amaria e esperaria em qualquer momento da minha vida .
Se o nosso Sonho nunca for real , isso não significa que tu sejas menos do que o ser humano belo , doce, terno , verdadeiro que aprendi a conhecer e a amar .
Se o nosso Sonho não for o nosso futuro , sei que valeu a pena amar-te , que nunca te esquecerei , que serei sempre tua .
O " Para sempre " que prometemos há-de concretizar-se . Eu acredito , sei que tu também .
Até já , meu amor .

2 comentários:

anitacostaoliveira@sapo.pt disse...

Paula,

Que historia de amor!!...
Forte, potente...
Arrebatadora...
Fiquei deveras emocionada com a força de tuas palavras... com o sentimento que delas emana...

Apenas te posso desejar tudo de bom...
que o amor que vives hoje e sempre nunca tenha um desfecho, mas sim um novo capitulo...
a vossa uniao...

Aguardo por essa Boa Nova...

Deixo um beijinho****

;)))

Broken disse...

Paula,

Ler-te é rever-me. Sabes disso.

Neste momento as lágrimas percorrem-me o rosto pelo grandioso sentido das palavras que escreves.

Revejo-me em muitas delas pelo que já escrevi, pelo que já vivi, pelo que sempre quis viver e não consegui.

Tal como tu/vocês, teria a força necessária para deixar este amor fluir conforme lhe fosse possível.

Não tive capacidade suficiente para que o "nosso" amor fosse capaz de ultrapassar aquelas que, para mim, não foram barreiras.

Para se amar são necessárias duas pessoas. Interiorizo que apenas eu existi nesta luta.

Tal como tu, também não é esta a razão que me faz amar menos este homem. Não. Amo-o da mesma, porque me sinto correspondida. Apenas aceito a realidade como ela me foi dada a conhecer. Não tivemos a mesma força, a mesma coragem, a mesma forma de Amar. É assim que tenho que aceitar as coisas e, por muito que me custe, é como as vou aceitando.

Linda, estou aqui a viver cada momento deste grandioso amor que é por vós vivido dentro das circunstâncias que lhe estão inerentes.

Como te venho dizendo há muito, vive um dia de cada vez, até ao momento certo para tomarem decisões. Não te precipites. Ama e deixa-te amar. Nem todos têm na vida a sorte que vocês tiveram: encontrar um no outro a metade que os completa. É lindo de saber, é lindo de apadrinhar, é lindo de assistir.

Amem-se. Sejam felizes.

Adoro-te.
Jinho grande.
Paula